Nós nunca estivemos tão ligados às plantas!!! E como bons Milllenials que somos, nós da Therapy também contribuímos para essa estatística.

Numa era de desenvolvimento das supercidades, valores de imóveis nas alturas e mudanças no comportamento de consumo, ter a casa própria e uma grande família é algo cada vez mais distante e por vezes irracional.

Diante deste cenário, as plantas desempenham um novo papel: nos permitem desenvolver senso de cuidado, afeto e responsabilidade; além de suprir de alguma forma a nossa busca por bem estar físico e mental através da conexão com a natureza em nosso micro ambiente.

E é uma pena que esse amor tenha se desenvolvido diante de tantas questões polêmicas.

Vivenciamos nos últimos dias uma crise como nunca vista naquela que é conhecida como o pulmão do mundo. Vimos que as queimadas na Amazônia levantaram muitas questões polêmicas, mas gostaríamos de compartilhar formas simples de retribuir à natureza e às plantas todo o bem que nos fazem.

Já que estamos apaixonados, pelas plantas, cultivemos esse amor.

  • Vamos trazer as plantas cada vez mais para dentro dos nossos ambientes. Cuidar de um grupo, ainda que pequeno, promove a qualidade do ar e o bem estar. No ambiente de trabalho ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade. Alguns estudos de Harvard dizem que aumenta inclusive a produtividade.
  • Os espaços públicos são delas. É correto que nos sintamos guardiões e responsáveis pela manutenção e desenvolvimento daquelas arvores centenárias e famosas na nossa rua. Menos asfalto e mais plantas. Já existem pelo mundo “prescrições” de plantas como remédio para o estresse urbano.
  • As plantas, além de vida, dão um up com muito estilo em qualquer ambiente. Seja qual for o seu estilo, sempre haverá um vaso, cachepot e até mesmo uma textura que vão expressar a sua personalidade em qualquer lugar.

Saia do digital e se reconecte com a natureza. Adotar uma planta é tudo de bom.

E agora, divide com a gente, qual é a sua predileta?